RENASCITUDES

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Teste de Amor































Toco em ti noite afora
Ouço  o canto do silencio
Vaga resposta do teu disfarce
Intercepto teus sonhos
Brinco de realidade

Impiedoso é o meu impulso
Parece desejo, um desejo só...
Mas as tuas pernas desviam o trânsito
A noite é escura, mas vejo-te...
Sigo-te e perco-me nas ruelas
É tudo tão estreito, peculiar...

Descubro-me com crédito,
Ainda é noite, mas o silencio é quebrado
Bate forte ao meu peito e se lança
Um coração enamorado
Ultrapassando o desejo,
Mudando toda a paisagem.

Autoria: Ilka Vieira

Um comentário:

  1. Você sabe como ninguém expressar todos os momentos.
    Bjs,
    Tete D 'Oliveira

    ResponderExcluir